O dinheiro fala o que todo casal deveria ter

Atualizado: Jul 15

Dinheiro nem sempre é o tópico mais romântico. Mas é a principal causa de estresse para a maioria dos casais. Portanto, se você se interessa por um longo período, há algumas conversas básicas sobre dinheiro que recomendamos que cada casal tenha enquanto você passa por diferentes estágios da vida juntos. Podem ser conversas desconfortáveis, mas ser aberto e honesto sobre dinheiro é a chave para uma parceria bem-sucedida e feliz.



Determinando a compatibilidade financeira


Não há como negar que você é compatível - vocês dois amam filmes independentes, escalada, citações de “La Casa de Papel” e dançar na chuva. Mas você é compatível financeiramente? Existem alguns princípios básicos que você deve aprender sobre seu parceiro antes de começar a pensar seriamente em um futuro juntos.


  • Números da dívida - seu parceiro tem alguma dívida e, em caso afirmativo, quanto e quais são as taxas deles? Por exemplo, ter R$ 10.000 em dívida com cartão de crédito com juros altos é muito pior do que ter um financiamento imobiliário de R$ 50.000.

  • Imagem de renda e estabilidade no emprego - Embora você saiba que um artista em dificuldades ou a bela atriz que virou garçonete são verdadeiras artistas de coração, elas estão trazendo uma renda viável agora e no futuro próximo? Você pode contar com eles para contribuir para um futuro financeiro de longo prazo ou carregará a carga principal?

  • Padrões de economia - Como é a economia de longo prazo para o seu parceiro? Eles olham para o futuro e modelam seus hábitos de poupança para alcançá-lo?

  • Padrões de gastos - A economia só pode ser realizada no contexto de gastos; afinal, os gastos impactam drasticamente o que você pode economizar. Seu parceiro pode fazer seis dígitos (mais de R$ 1 milhão), mas se ele estiver gastando 99% dessa renda, não há uma economia viável para o futuro. Refletir sobre suas finanças, permitindo vincular todas as suas contas financeiras para que você possa ver uma imagem completa dos seus hábitos de gastos e economias.

  • Objetivos financeiros de longo prazo - No final do dia, essas conversas devem apoiar um objetivo financeiro de longo prazo. A idéia do seu parceiro de uma meta financeira de longo prazo significa reduzir a economia da aposentadoria em favor do novo veículo zero km? Ou isso significa que ele ou ela está planejando suas finanças pessoais para apoiar um estilo de vida sólido de aposentadoria?

Morando juntos


Antes de você se mudar, é uma boa idéia falar sobre quem paga pelo o quê, para que você não pense nisso quando se comprometer a viver com essa pessoa por pelo menos um ano ou mais. Você dividirá o aluguel igualmente? E se houver um financiamento imobiliário e se tiver impostos sobre a propriedade? Que tal dividir utilitários ou mantimentos? Você tem um carro? Que tal um animal de estimação? Esses fatores que contribuem para a sua vida diária custam dinheiro - e é inteligente pensar quantos Reais suportam qual parte, especialmente se você tiver renda variável.


Casar-se


Casar significa que agora você está legalmente vinculado a uma pessoa de uma maneira diferente de qualquer outra parceria. Mas antes de dar esse nó, há coisas que você precisa considerar. O primeiro diz respeito ao casamento em si. O custo médio do casamento no Brasil pode variar muito e ser superior a R$ 50.000. Além de considerar na conta, alguns Reais para o custo médio de uma lua de mel, e você tem algumas coisas sérias a considerar antes mesmo de caminhar pelo corredor. A esses preços, que tipo de casamento você deseja, quanto está disposto a pagar e quem pagará?

As conversas sobre dinheiro não terminam exatamente quando você diz "eu faço". Ao pensar em combinar duas vidas - e isso inclui vidas financeiras - você também deve pensar em combinar ativos. Deseja mantê-los separados ou misturá-los? E embora ninguém goste de pensar, você precisa considerar o que acontece se "até que a morte nos separe" se torne "até que o divórcio nos separe". Por exemplo, se você mora em um estado de propriedade da comunidade, casar basicamente combina tudo - você precisa de um acordo pré-nupcial, especialmente se um de vocês tiver um patrimônio líquido maior?


Tendo filhos


Ter filhos é caro.

Segundo pesquisa do Instituto Nacional de Vendas e Trade Marketing (Invent), o custo para criar um filho até os 23 anos pode chegar a R$ 2 milhões. Só os estudos têm um custo médio de R$ 703,64 mil. Assusta, não?


Com um preço tão alto, você e seu parceiro devem estar falando sobre quantos filhos podem pagar, pois chegará um momento que irá pensar no planejamento educacional de seu(s) filho(s).


A educação também é uma grande discussão. Você quer que seus filhos sejam educados em particular ou em público? A média nacional de ensino fundamental privado é de cerca de R$ 18.000 por ano, e a média do ensino médio particular é de cerca de R$ 24.000 por ano. E a educação não para apenas no nível da escola. A faculdade é outro número considerável a considerar - lembra-se de como dissemos que pode custar até um quarto de milhão para criar um filho? Isso é antes dos custos da faculdade. Hoje, as taxas de custo médio para realizar uma boa faculdade particular, e dependendo do curso pode passar dos R$ 37.000 por ano. Quanto você quer contribuir com a faculdade e está pronto ou pronta para começar a economizar?

E há um ponto de vista de alto nível quando se trata de seus filhos: que tipos de atitudes e perspectivas de dinheiro você planeja transmitir aos seus filhos? Como você os ensinará sobre dinheiro?


Sugestão


Dinheiro e amor devem andar de mãos dadas. Trabalhar com um consultor financeiro pode ajudá-lo a facilitar algumas dessas conversas com seu parceiro.


O conteúdo contido nesta postagem de blog destina-se apenas a fins informativos gerais e educativo, e não constitui conselho jurídico, tributário, contábil ou de investimento. Você deve consultar um profissional sobre sua situação específica. Lembre-se de que investir envolve riscos. O valor do seu investimento variará com o tempo e você poderá ganhar ou perder dinheiro.


Próximas etapas sugeridas para você

  1. Faça uma análise de seu perfil pela Prévio, onde você pode ter acesso as informações pela Prévio através da Warren Brasil, para simular um planejamento para sua reserva financeira criando seus objetivos para aposentadoria.

  2. Revise seu plano de aposentadoria pelo menos anualmente para poder fazer correções no curso, se necessário.

  3. Consulte um consultor financeiro fiduciário.

Sobre o autor

Wander André Viana, atua como consultor financeiro fiduciário, devidamente registrado na Comissão de Valores Mobiliários (CVM) sob registro nº 1319-6, sendo habilitado para atuar como Consultor de Investimentos Profissional, na forma da Instrução Normativa nº 592/17, o que pode ser verificado através do site da CVM (www.cvm.org.br->Menu->Central de Sistemas->Cadastro Geral), estabelecendo a Política de Investimentos para os clientes como determina a legislação vigente.

A Prévio Capital utiliza a Warren Corretora de Títulos e Valores Mobiliários e Câmbio Ltda (‘Warren’), inscrita sob o CNPJ: 92.875.780/0001-31 que é uma instituição devidamente habilitada e autorizada pelo Banco Central do Brasil e pela Comissão de Valores Mobiliários, para fazer recomendações e aconselhamentos de investimentos.

6 visualizações
  • Insta Prévio
  • Face Prévio
  • Linkedin Prévio

Aviso Legal:

Prévio for Life é uma marca registrada pertencente a Investis Capital Investimentos e Serviços Ltda ('Investis Capital') , inscrita sob CNPJ: 29.685.570/0001-44 atuando na área de educação e planejamento financeiro, sendo as recomendações de investimentos realizadas são feitas através da prestação de serviços na pessoa natural de Wander André Viana ('Consultor') atuando como Consultor de Valores Mobiliários, devidamente registrado na Comissão de Valores Mobiliários (CVM) sob registro nº 1319-6, sendo habilitado para atuar como Consultor de Investimentos Profissional, na forma da Instrução Normativa nº 592/17, o que pode ser verificado através do site da CVM (www.cvm.org.br->Menu->Central de Sistemas->Cadastro Geral), estabelecendo a Política de Investimentos para os clientes como determina a legislação vigente.

Em parceria com o Consultor de Valores Mobiliários, as aplicações financeiras são realizadas através Warren Corretora de Títulos e Valores Mobiliários e Câmbio Ltda (‘Warren’), inscrita sob o CNPJ: 92.875.780/0001-31 que é uma instituição devidamente habilitada e autorizada pelo Banco Central do Brasil e pela Comissão de Valores Mobiliários.

@ Copyright - 2020  - Todos os direitos reservados para Investis Capital.