Por que agora é a hora de trabalhar com um consultor financeiro

Durante tempos difíceis, é da natureza humana agir. Sentir a necessidade de fazer algo - qualquer coisa - está em nossos genes quando confrontados com obstáculos ou dificuldades. E, claro, com dificuldades, vem o estresse, que tem todos os tipos de efeitos negativos em nossas mentes e corpos. Emoções entram em jogo nesses tempos, pois é muito difícil pensar de uma maneira completamente racional e lógica quando está sob estresse. Todos nós sabemos essas coisas, mas é importante para todos nós dar um passo atrás e nos perguntar se estamos permitindo que a emoção dite nossas decisões importantes.



Como um consultor financeiro pode ajudar durante uma crise econômica


Uma das coisas mais importantes que um bom consultor financeiro faz para seus clientes é ajudá-los a “remover” emoções de decisões financeiras. Quando uma pessoa trabalha há anos para acumular riqueza pessoal, apenas para vê-la flutuar descontroladamente durante situações extremas volatilidade do mercado, é pedir muito para dizer "desapegue-se completamente de sentir qualquer emoção sobre esses eventos". É por isso que ter um consultor de confiança para ajudar é tão vital, especialmente em épocas como essa.


Todos ouvimos sobre como o medo e a ganância guiam muitos investidores em direção a decisões financeiras irracionais, em finanças comportamentais explica muito bem isto. Quando o mercado de ações está subindo, as pessoas se preocupam por não serem 100% investidas em ações. E durante mercados em baixa, as pessoas se perguntam por que elas possuem ações. A qualidade de um consultor não deve ser julgada com base no prognóstico - isso não funciona. Ninguém pode ver o futuro. Um bom consultor financeiro deve ser um conselheiro que o ajuda a manter o seu plano - mesmo quando parece que você precisa correr para as montanhas.


Quando é o momento certo para contratar um consultor?


Então, quando é o momento certo para contratar um consultor financeiro? A realidade é que não há realmente um momento errado - quanto mais cedo você puder formar um plano de longo prazo adaptado às suas metas e garantir que seus investimentos (portfólio) sejam projetados para ajudá-lo a atingir essas metas, melhor. Embora a volatilidade e a incerteza no mercado e na economia em geral possam ser perturbadoras, aceitar que não podemos prever o futuro não significa que você não deve ter um plano Prévio e sólido. Portanto, o momento certo para trabalhar com um consultor fiduciário (um consultor fiduciário é legalmente habilitado pela CVM - Comissão de Valores Mobiliários para agir em seu melhor interesse) é geralmente ... agora! Apenas certifique-se de fazer sua pesquisa ao procurar contratar um consultor ou fazer uma troca com seu consultor atual. Você pode começar consultando pelos dados públicos disponibilizados pela CVM, por aqui.


Um dos motivos pelos quais é tão importante começar a trabalhar com um consultor assim que possível é que uma abordagem diversificada no seu portfólio fornece a maior probabilidade realista de alcançar metas de longo prazo. Os investidores individuais podem freqüentemente cair na armadilha de tentar ganhar tempo no mercado em vez de seguir seu plano Prévio bem diversificado com reequilíbrio estratégico. Essa é uma das coisas mais importantes que fazemos para nossos clientes. Cronometrar os mercados seria a melhor abordagem se alguém pudesse fazê-lo. Infelizmente, tem sido provado infinitamente que é impossível. No entanto, em circunstâncias como essas, a noção de “timing” do mercado eleva sua feia frente novamente. Precisamos nos lembrar constantemente de que o tempo não funciona e que ninguém nunca foi capaz de fazê-lo de forma consistente. Ninguém sabe o que vai acontecer a seguir. Quem diz que sabe é desonesto ou ilusório.


Alguns podem pensar “por que não deixar o dinheiro na poupança por um tempo e depois reinvestir quando a poeira baixar e as coisas estiverem melhores? ” A resposta é que ninguém sabe quando a poeira realmente assentou. Se alguém recebe dinheiro durante uma queda no mercado, está basicamente dizendo: "Eu sei o que vai acontecer a seguir, e estou tomando medidas com base nesse conhecimento".


A realidade é que ninguém sabe e estão apenas tentando se sentir melhor “fazendo alguma coisa”. Os investidores que realmente se machucaram durante a crise financeira de 2007-09, foram os que foram ao caixa ou perto do fundo - e depois não tinham idéia de quando era "seguro" voltar a investir. A verdade é que não há como saber quando é seguro. Não há sirene totalmente limpa. Portanto, trabalhar com um consultor para desenvolver e seguir uma estratégia apropriada de longo prazo, respeitando uma política de investimento, e não alocando em produtos de maior risco "em troca de comissões maiores". Isto, vai atenuar algumas perdas ao longo do caminho certo a seguir, e proporcionar alguns ganhos quando o próximo movimento de alta no mercado começar acontecer. É a maneira mais inteligente de abordagem em seu portfólio.


Trabalhando com um consultor durante um mercado volátil


A diversificação é o escudo que nos protege de pelo menos uma parte da volatilidade (altos e baixos) imprevisível do mercado de ações, mas, ao mesmo tempo, devemos lembrar que aceitar alguma volatilidade é o preço de admissão para os bons retornos de longo prazo que desfrutamos ao investir em ações. O olhar não deve ser apenas para ativos locais, a diversificação deve ser geográfica.


Não há uma fórmula mágica - nenhum investimento oferece recompensa muito alta com risco muito baixo. A troca entre risco e retorno, é inevitável.


Outra coisa que um consultor pode ajudá-lo como investidor é garantir que seu portfólio corresponda adequadamente a sua tolerância ao risco. Como investidores, devemos sempre considerar qual é nossa verdadeira tolerância a riscos para investir. O termo “tolerância ao risco” não se refere a como o investidor se sente em relação ao mercado nesta manhã, com uma mudança chegando amanhã, à medida que seu humor muda. Tolerância ao risco é a capacidade de um investidor suportar a volatilidade de longo prazo resultante de uma determinada estratégia de investimento.


Por exemplo, um investidor que é conservador provavelmente é alguém que não lida bem com a volatilidade e, portanto, deve estar em uma estratégia de longo prazo que experimenta menor volatilidade. Mas esse nível de tolerância ao risco não muda porque o investidor gosta ou não gosta do atual presidente ou porque sente que uma recessão pode ser iminente. Esse é o momento do mercado, e novamente: simplesmente não funciona. A chave é encontrar a estratégia que atenda às suas necessidades de crescimento e capacidade de lidar com os riscos, para que você siga o plano ao longo do tempo, em vez de mudar periodicamente de marcha com base na intuição. Um consultor financeiro fiduciário pode ajudá-lo a avaliar realisticamente sua tolerância a riscos e colocá-lo em uma estratégia que corresponda a ela, enquanto ainda oferece o crescimento necessário para atingir seus objetivos. Descubra o enquadramento do seu perfil com a Prévio, aqui.


Como se concentrar em seus objetivos a longo prazo


Portanto, por último, é especialmente importante trabalhar com um consultor que está de olho em momentos de incerteza no mercado, porque eles podem mantê-lo fundamentado em seus objetivos, em seu portfólio e em garantir que você esteja fazendo a coisa certa para você. Às vezes, é difícil ajustar todo o "ruído" em momentos como esses, quando incontáveis ​​"especialistas" aparecem em nossas telas de TV nos dizendo o que o mercado fará a seguir e o que você deve comprar ou vender. Trabalhar com um bom consultor financeiro dará a você uma pessoa objetiva para ligar quando você estiver com medo ou não tiver certeza do que fazer. Eles podem ajudá-lo a lembrar que quedas no mercado não significam que "todo mundo" está saindo de ações. Parece que todo mundo está fugindo de ações aterrorizadas, então deveríamos também. Esse é outro aspecto da natureza humana: se a multidão está fugindo de alguma coisa, parece que provavelmente é melhor seguir a multidão, o viés comportamental da manada. Mas temos que lembrar que o mercado acionário é um jogo de soma zero. Então, quando os preços de mercado caem, não é porque todo mundo está saindo. Para cada vendedor existe um comprador. O mecanismo não está demonstrando um êxodo das ações - está demonstrando a descoberta de preços, assim como todos os dias. O mercado (compradores e vendedores) está simplesmente concordando em preços mais baixos como valor justo, e isso inevitavelmente flutuará ao longo do tempo.


Uma crise como a que vimos na seqüência do coronavírus produz naturalmente respostas emocionais. Quem não tem medo agora provavelmente não está reconhecendo o que realmente está acontecendo. Mas bravura não é a ausência de medo - bravura é a medida de como lidamos com nosso medo. E permitir que emoções como o medo ditem nossas decisões quase certamente levará ao desastre. Contar com a experiência de um consultor financeiro profissional, especialmente em tempos difíceis, pode ajudar a evitar más decisões com base na emoção.


Próximas etapas sugeridas para você:


Avalie a possibilidade de trabalhar com um dos consultores financeiros fiduciários da Warren Brasil.

Sobre o autor

Wander André Viana, atua como consultor financeiro fiduciário, devidamente registrado na Comissão de Valores Mobiliários (CVM) sob registro nº 1319-6, sendo habilitado para atuar como Consultor de Investimentos Profissional, na forma da Instrução Normativa nº 592/17, o que pode ser verificado através do site da CVM (www.cvm.org.br->Menu->Central de Sistemas->Cadastro Geral), estabelecendo a Política de Investimentos para os clientes como determina a legislação vigente.

E é fundador da Prévio for Life que utiliza a Warren Corretora de Títulos e Valores Mobiliários e Câmbio Ltda (‘Warren’), inscrita sob o CNPJ: 92.875.780/0001-31 que é uma instituição devidamente habilitada e autorizada pelo Banco Central do Brasil e pela Comissão de Valores Mobiliários, para fazer recomendações e aconselhamentos de investimentos.

19 visualizações
  • Insta Prévio
  • Face Prévio
  • Linkedin Prévio

Aviso Legal:

Prévio for Life é uma marca registrada pertencente a Investis Capital Investimentos e Serviços Ltda ('Investis Capital') , inscrita sob CNPJ: 29.685.570/0001-44 atuando na área de educação e planejamento financeiro, sendo as recomendações de investimentos realizadas são feitas através da prestação de serviços na pessoa natural de Wander André Viana ('Consultor') atuando como Consultor de Valores Mobiliários, devidamente registrado na Comissão de Valores Mobiliários (CVM) sob registro nº 1319-6, sendo habilitado para atuar como Consultor de Investimentos Profissional, na forma da Instrução Normativa nº 592/17, o que pode ser verificado através do site da CVM (www.cvm.org.br->Menu->Central de Sistemas->Cadastro Geral), estabelecendo a Política de Investimentos para os clientes como determina a legislação vigente.

Em parceria com o Consultor de Valores Mobiliários, as aplicações financeiras são realizadas através Warren Corretora de Títulos e Valores Mobiliários e Câmbio Ltda (‘Warren’), inscrita sob o CNPJ: 92.875.780/0001-31 que é uma instituição devidamente habilitada e autorizada pelo Banco Central do Brasil e pela Comissão de Valores Mobiliários.

@ Copyright - 2020  - Todos os direitos reservados para Investis Capital.