Quanto dinheiro você precisa para se aposentar confortavelmente?

Atualizado: Jul 15

Como a maioria das pessoas, você provavelmente já se perguntou: "Quanto de renda precisarei durante meus anos de aposentadoria?".


Você provavelmente já fez essa pergunta, mas parece nunca encontrar uma resposta para ela no presente. Então, quanto você precisa para garantir que pode se aposentar confortavelmente?

Definindo uma "aposentadoria confortável"


Há informações infinitas sobre a criação de reserva para aposentadoria, ou seja, quantos ovos você precisa colocar em seu ninho. Quase não se fala sobre o tamanho e o que colocar de ovos dentro do ninho. Duas razões comuns pelas quais o tamanho do seu ninho de ovos é objeto de um debate sem fim:


1. A quantia é diferente para todos, porque uma aposentadoria “confortável” é completamente subjetiva;


2. Ninguém pode concordar com quanto do seu ninho de ovos você pode gastar a cada ano para manter uma aposentadoria confortável.


Como indivíduo, o primeiro motivo é direto e pode ser respondido com relativa facilidade. Sozinho ou com a ajuda de um consultor financeiro, você pode desenvolver uma estimativa com algumas contas “de padaria”.



Determinando quanto dinheiro você precisa para a aposentadoria.


Primeiro, você deve decidir o que considera uma aposentadoria “confortável”. Esta resposta é, obviamente, diferente para todos. Mas com uma pequena adição e alguma multiplicação simples, agora você tem uma estimativa razoavelmente precisa de suas necessidades anuais de renda necessárias na aposentadoria.


Algumas coisas básicas a serem consideradas ao calcular quanto você precisa para a aposentadoria incluem:


Necessidades básicas: se você deseja que uma renda básica cubra essas necessidades, identifique suas necessidades mensais e multiplique por 12. Esses itens incluem: financiamentos, compras, seguros, serviços públicos, pagamentos de carros e outras despesas.


Luxos adicionados: se você quiser mais luxos, defina as atividades desejadas específicas e calcule seus custos aproximados com base na freqüência, equipamento necessário ou qualquer outro relacionado. Esses custos devem ser adicionados ao seu orçamento mensal. Exemplos desses luxos podem incluir hobbies, uma casa de férias, um barco e viagens.


Inflação: Além disso, você precisará considerar a inflação. Há muitas informações disponíveis para ajudar a estabelecer uma estimativa razoável da inflação, mas 3% a 4% é um bom número de inflação a longo prazo que você pode usar para seus cálculos, pois isto irá te determinar o seu Poder de Compra no futuro.


Quanto retirar por mês, para o dinheiro não acabar?


Por mais de 20 anos, os profissionais financeiros têm sido vagamente orientados pelo que é chamado de regra dos 4%. Se você seguir esta regra, retirará 4% de sua carteira no primeiro ano de aposentadoria e, em seguida, retirará anualmente o mesmo valor em reais, ajustado apenas pela inflação, pelos próximos 30 anos. A idéia é que, se você seguir essa regra, minimize suas chances de ficar sem dinheiro na aposentadoria.


Embora essa regra seja um bom ponto de partida, ela foi debatida desde que foi estabelecida. Alguns argumentam que é muito conservador. Outros argumentam que o ambiente atual de baixo juros e as expectativas de vida mais longas o tornam muito arriscado. Enquanto isso, seu futuro financeiro está na balança.


Se a regra for muito conservadora, você restringirá desnecessariamente seu estilo de vida de aposentadoria. Se a regra for muito arriscada, você poderá ficar sem dinheiro exatamente quando mais


Planejamento para Longevidade e cálculo para sua liquidez na aposentadoria: os desafios de prever o futuro

Avaliar quanto vai precisar de liquidez, conforme seu estilo de vida, muitas vezes não é tão fácil de calcular. Importante ter ciência que nesta fase sua liquidez financeira será menor, e eventuais ajustes no padrão de vida poderão ser necessários, é importante se planejar.


Mas decidir quanto você pode gastar a cada ano para sustentar sua aposentadoria, você precisa saber quanto tempo viverá na aposentadoria e quanto ganhará em sua carteira de investimentos. Se você se aposentar aos 65 anos e falecer aos 80, precisará de renda por 15 anos.

O que acontece se você viver até os 100 anos? Você não quer viver sem recursos por 20 anos. Então, quanto sua carteira de investimentos ganhará? Isso depende das condições de cenários econômicos, do mercado de ações e classes de ativos em sua carteira. Você também precisará considerar outros fatores individualizados, como tempo de trabalho, previdência social, aposentadorias, patrimônio líquido e, é claro, ciclos do mercado financeiro durante seus anos de aposentadoria.


Você pode usar ferramentas gratuita de cálculo de Reserva Financeira, como a da Prévio Capital através da Warren Brasil para ajudá-lo a projetar alguns desses cenários com base no seu portfólio atual e no crescimento esperado


Agora você pode ver por que a pergunta "quanto" gera um debate sem fim. Quanto tempo você viverá e quanto sua carteira irá render, são perguntas simplesmente não respondidas. Enquanto o debate continua, há uma resposta de uma palavra à pergunta: flexibilidade.


E embora seja conveniente ter um número mágico para o qual procurar, esse número varia constantemente ao longo da sua vida, com base em vários fatores. Portanto, a melhor resposta é manter sua flexibilidade - começando quanto mais jovem possível, garantindo que as decisões que você toma hoje lhe permitam ter mais flexibilidade quando estiver aposentado.


Próximas etapas sugeridas para você

  1. Faça uma análise de seu perfil pela Prévio, onde você pode ter acesso as informações pela Prévio com um consultor fiduciário através da Warren Brasil, para simular um planejamento para sua reserva financeira criando seus objetivos para aposentadoria.

  2. Revise seu plano de aposentadoria pelo menos anualmente para poder fazer correções no curso, se necessário.

  3. Consulte um consultor financeiro fiduciário.

Sobre o autor

Wander André Viana, atua como consultor financeiro fiduciário, devidamente registrado na Comissão de Valores Mobiliários (CVM) sob registro nº 1319-6, sendo habilitado para atuar como Consultor de Investimentos Profissional, na forma da Instrução Normativa nº 592/17, o que pode ser verificado através do site da CVM (www.cvm.org.br->Menu->Central de Sistemas->Cadastro Geral), estabelecendo a Política de Investimentos para os clientes como determina a legislação vigente.


Prévio Capital utiliza a Warren Corretora de Títulos e Valores Mobiliários e Câmbio Ltda (‘Warren’), inscrita sob o CNPJ: 92.875.780/0001-31 que é uma instituição devidamente habilitada e autorizada pelo Banco Central do Brasil e pela Comissão de Valores Mobiliários, para fazer recomendações e aconselhamentos de investimentos.


15 visualizações
  • Insta Prévio
  • Face Prévio
  • Linkedin Prévio

Aviso Legal:

Prévio for Life é uma marca registrada pertencente a Investis Capital Investimentos e Serviços Ltda ('Investis Capital') , inscrita sob CNPJ: 29.685.570/0001-44 atuando na área de educação e planejamento financeiro, sendo as recomendações de investimentos realizadas são feitas através da prestação de serviços na pessoa natural de Wander André Viana ('Consultor') atuando como Consultor de Valores Mobiliários, devidamente registrado na Comissão de Valores Mobiliários (CVM) sob registro nº 1319-6, sendo habilitado para atuar como Consultor de Investimentos Profissional, na forma da Instrução Normativa nº 592/17, o que pode ser verificado através do site da CVM (www.cvm.org.br->Menu->Central de Sistemas->Cadastro Geral), estabelecendo a Política de Investimentos para os clientes como determina a legislação vigente.

Em parceria com o Consultor de Valores Mobiliários, as aplicações financeiras são realizadas através Warren Corretora de Títulos e Valores Mobiliários e Câmbio Ltda (‘Warren’), inscrita sob o CNPJ: 92.875.780/0001-31 que é uma instituição devidamente habilitada e autorizada pelo Banco Central do Brasil e pela Comissão de Valores Mobiliários.

@ Copyright - 2020  - Todos os direitos reservados para Investis Capital.